Orçamento para Licitações e Contratações de Obras e Serviços de Engenharia



Veja os
próximos cursos

Cursos


Arquivos e
documentos

Downloads


Fale
conosco

Contato

Orçamento para Licitações e Contratações de Obras e Serviços de Engenharia

OBJETIVO DO CURSO

O Curso objetiva difundir conhecimentos teóricos e práticos acerca da elaboração de “Orçamentos para Obras e Serviços de Engenharia”, buscando, principalmente, demonstrar com clareza a elaboração desses orçamentos, tomando-se como base a engenharia de custos.

PÚBLICO-ALVO

Agentes atuantes na Administração Pública Direta e Indireta, tais como: ordenadores de despesas, demais gestores públicos, engenheiros, arquitetos, assessores jurídicos, contadores, responsáveis pela execução orçamentária e financeira da despesa pública relacionada a obras e serviços de engenharia, controladores e demais técnicos que atuam em unidades de controle interno, presidentes e membros de comissões de licitação, gestores e fiscais de contratos de obras e serviços de engenharia, pessoal técnico com atuação na atividade fim de controle externo, bem como outros servidores ou empregados públicos que, direta ou indiretamente, exerçam atribuições relacionadas com a realização de obras e serviços de engenharia.

Gestores e empregados de empresas privadas que contratam ou pretendem contratar com a Administração Pública na área de obras e serviços de engenharia, profissionais envolvidos direta ou indiretamente com o tema licitações públicas, assim como quaisquer interessados na obtenção de conhecimentos acerca da matéria em foco.

METODOLOGIA

O Curso será realizado, integralmente, na modalidade de educação presencial, por meio de aulas expositivas dialogadas, desenvolvidas a partir da legislação, doutrina e jurisprudência atinentes ao tema, com estímulo a uma efetiva participação dos alunos nas discussões acerca dos vários tópicos a serem abordados, objetivando a interação entre o expositor e os alunos, dando, dessa forma, maiores possibilidades de aproveitamento de tudo quanto for exposto na sala de aula.

NÚMERO DE VAGAS

30 (tinta) vagas, no máximo.

CARGA HORÁRIA

20 (vinte) horas.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Introdução: apresentação de abordagens estatísticas, econômicas, financeiras, bem como acerca da situação da atual infraestrutura do Estado do Rio Grande do Norte, objetivando situar o RN em relação à economia nacional.
  • Definições básicas e breves comentários: conceitos, importâncias, avaliações, classificações e comparativos com os orçamentos a nível estadual e nacional.
  • Definições técnicas: o que chamamos de projetos legais, executivos e complementares, os cadernos de encargos, especificações, memoriais descritivos e as questões ambientais.
  • A importância dos orçamentos nas obras: base dos orçamentos, indicação das modalidades de licitações e referência para os proponentes privados.
  • Prioridades nos orçamentos: relacionam-se aos prazos, à qualidade e aos objetivos das obras.
  • Margens dos erros nos orçamentos: tipos de orçamentos, avaliações e estimativas de custos, relação dos orçamentos usando-se projetos básicos, complementares e executivos.
  • Legislações para as obras e serviços de engenharia: alguns tópicos de ordens legais da Lei nº 8.666/1993 e de resoluções do CONFEA.
  • Tipos de obras: construções, reformas, recuperações, ampliações e edificações.
  • Condições e roteiros básicos para orçamentos: estabelecimento das condições necessárias para que um orçamento seja elaborado com qualificação.
  • Orçamento propriamente dito: definições, questionamentos e pré-requisitos para a preparação dos preços, das despesas, dos custos e do BDI.
  • BDI: todos os elementos que compõem o BDI, baseando-se em dados práticos e, sobretudo, na engenharia de custos, com definições, seus custos e despesas diretos e indiretos, novo conceito, novos elementos inclusos, exemplos e estudo de caso.
  • Leis sociais: algumas abordagens com as principais obrigações sociais que incidem nos custos orçamentários.
  • Composições dos custos: alguns exemplos práticos e estudo de caso para que sejam feitas as composições dos preços.
  • Lucro líquido: serão apresentados nesse caso exemplos práticos de como se define o lucro liquido em uma obra de engenharia.
  • Aceitabilidade dos preços: montagem das propostas de acordo com a legislação, o edital e preços inexequíveis.


Inscreva-se neste curso!

Dados do participante










Dados da organização